Qual a diferença entre PNL e Coaching?

Qual a diferença entre PNL e Coaching?

Resposta minha à uma pergunta do Quora.

São duas coisas completamente diferentes.

PNL, Programação Neolinguística, é uma ferramenta. Enquanto Coaching é um processo que se utiliza de diversas ferramentas, entre elas, inclusive, a própria PNL.

Vou explicar melhor.

Vamos pegar a definição de PNL da wikipédia para começar:

Programação neurolinguística (PNL) é uma abordagem pseudocientífica que visa aproximar comunicação, desenvolvimento pessoal e psicoterapia criada por Richard Bandler e John Grinder na California, Estados Unidos na década de 1970. Os criadores da PNL afirmam que existe uma conexão entre os processos neurológicos (“neuro-“), a linguagem (linguística) e os padrões comportamentais aprendidos através da experiência ( programação ), e que estes podem ser alterados para alcançar informações específicas e metas na vida. Bandler e Grinder também afirmam que a metodologia de PNL pode “modelar” as habilidades de pessoas excepcionais, permitindo que alguém adquira essas habilidades. Eles afirmam também que, muitas vezes em uma única sessão, a PNL pode tratar problemas como fobiasdepressão, distúrbios motores, doença psicossomáticamiopiaalergiaresfriado comum e distúrbios de aprendizagem

Apesar do consenso científico considerar a PNL uma pseudociência ela continua a ser comercializada por alguns hipnoterapeutas e por algumas empresas que organizam seminários e workshops sobre treinamento de gestão para empresas e agências governamentais.

Revisões científicas afirmam que a PNL é inconsistente com a teoria neurológica atual e contém numerosos erros factuais. Revisões também descobriram que toda a pesquisa apoiando a PNL continha falhas metodológicas significativas e que havia três vezes mais estudos de melhor qualidade que não conseguiram reproduzir as “reivindicações extraordinárias” feitas por Bandler, Grinder e outros praticantes de PNL.

Por favor Masters, não me joguem seus sapatos, não sou eu quem está afirmando isso. São “os cientistas” esses malvados.

Bem, independente de ser ou não pseudociência (não tenho tempo pra essa discussão), fatos são:

  1. PNL é uma abordagem psicoterápica
  2. Foca na ideia de que a linguagem influencia os pensamentos e comportamentos

Já o coaching é um processo de desenvolvimento pessoal, portanto mais próximo de treinamentos do que de terapia (pelo menos deveria ser) apesar de conter sim alguns pressupostos que o fazer parecer terapêutico, que se dá em sessões (geralmente) que ocorrem entre um coach e um coachee (cliente) onde o primeiro ajuda o segundo a ter uma nova visão sobre seus obstáculos e, com isso, O SEGUNDO (importante estar em maiúsculo) encontra novas soluções que até então não enxergava.

Para fazer isso, o coach utiliza diversas ferramentas, a maioria delas adaptada da administração de empresas. Por exemplo: A Matriz SWOT, que vem sendo utilizada a dezenas de anos nas mais variadas empresas, pode ser adaptada para que o cliente analise suas próprias forças e fraquezas, bem como identifique oportunidade e ameaças ambientais que o ajudem a atingir seus objetivos.

Dentre esse leque de ferramentas, alguns coaches formados em PNL, acabam por utilizar essa (pseudo)ciência como mais uma ferramenta para ajudar o cliente a atingir seus objetivos.

Portanto, sua pergunta se assemelha a perguntar qual a diferença entre cozinhar e um garfo. Entende?

Por mais que os dois estejam (geralmente) na cozinha, enquanto cozinhar é um processo (coaching) o garfo (PNL) é apenas uma das muitas ferramentas que podem ou não serem utilizadas nesse processo.

Espero que tenha ficado claro.

Deixe um comentário e eu prometo responder.